Select Page

Redução dos recursos em ciência e tecnologia põe em risco o futuro do Brasil

Redução dos recursos em ciência e tecnologia põe em risco o futuro do Brasil

A Frente Parlamentar de Ciência, Tecnologia, Pesquisa e Inovação (FPCTPI), presidida pelo deputado federal Izalci Lucas (PSDB-DF), realiza nesta quinta-feira (26), às 14h15, no auditório Freitas Nobre da Câmara dos Deputados uma reunião com o tema “Redução dos recursos em Ciência e Tecnologia põe em risco futuro do país”. O encontro será aberto ao público e faz parte da 1ª Edição da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia na Câmara dos Deputados.

Dentre os palestrantes e entidades representadas estão o ministro Gilberto Kassab, o major-Brigadeiro do Ar Carlos Augusto Amaral Oliveira, diretor do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial – DCTA, o brigadeiro engenheiro Paulo Roberto Pertusi, presidente da Comissão Nacional de Energia Nuclear – CNEN e o professor  doutor Ronaldo Cintra Sheilard, diretor do Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas –CBPF.

De acordo com o deputado Izalci Lucas, o objetivo central do evento é desenvolver uma agenda propositiva para o setor, ressaltando a importância de se tornar a ciência, tecnologia, pesquisa e a inovação áreas prioritárias do país.

A Semana na Câmara dos Deputados será realizada simultaneamente à 14ª edição da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT), que é promovida pelo Poder Executivo, e reúne entidades e pesquisadores de todo país. No Congresso, durante os sete dias de evento serão realizadas reuniões para debater questões orçamentárias e uma exposição sobre o papel da Ciência e da Tecnologia no desenvolvimento econômico do país.

Cenário

A perda de recursos humanos e a ausência de um ambiente de estímulo para que os pesquisadores continuem no Brasil, mesmo com a precarização contínua de trabalho
dessas atividades, está entre os debates que serão provocados durante o evento. Para as entidades do setor, a principal causa desse cenário é a falta de concursos púbicos, o que coloca o Brasil numa situação bastante vulnerável uma vez que até 2020 poderá perder até 66% da força de trabalho. Outro ponto de alerta é a redução de orçamento de Ciência, Tecnologia e Inovação. Em 2017 os recursos federais para o setor deverá fechar como o menor da década. Do orçamento de R$ 6 bilhões proposto no início do ano, apenas R$ 3,3 bilhões poderão ser usados após o corte de 44% nos recursos de livre aplicação do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), afetando, principalmente, as instituições de pesquisa.

Palestrantes e Entidades representadas:
– Gilberto Kassab, ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações
(MCTIC);
– Major-Brigadeiro do Ar Carlos Augusto Amaral Oliveira, diretor do Departamento de
Ciência e Tecnologia Aeroespacial – DCTA
– Brigadeiro Engenheiro Paulo Roberto Pertusi, presidente da Comissão Nacional de
Energia Nuclear – CNEN
– Professor Doutor Ronaldo Cintra Sheilard, diretor do Centro Brasileiro de Pesquisas
Físicas – CBPF
– Professor Doutor José Gomes Temporão, ex. Ministro da Saúde e Ex diretor do
Instituto Nacional do Câncer – INCa
– Professor Doutor Nilson Gabas, diretor do Museu Emílio Goeldi
Ivanil Elisiário Barbosa, secretário Executivo do Fórum Nacional das Entidades
Representativas das Carreiras de CT&I

Sobre o Autor

Redação

O Bizmeet é um das principais referências do Centro-Oeste nas áreas de Tecnologia e Inovação. É ganhador de prêmios regionais e até mundialmente reconhecido. Empresas e instituições de grande renome já investiram em iniciativas do portal;

Share This

Newsletter

Inscreva-se para receber notícias e atualizações.

Sua inscrição foi realizada com sucesso