fbpx

Select Page

Finep lança terceiro edital do programa Finep Startup

Finep lança terceiro edital do programa Finep Startup

A Finep acaba de lançar o terceiro edital do Programa Finep Startup. O programa está indo para a sua quinta rodada de investimentos, com objetivo de alavancar empresas de base tecnológica em fase final de desenvolvimento de produto ou que precisem ganhar escala de produção, com viabilidade comercial comprovada. O limite de recursos totais desta rodada é de R$ 30 milhões para 25 startups. O período para envio de propostas fica aberto até o dia 15 de março.

“Mais do que nunca, o fomento ao empreendedorismo no Brasil se mostra crucial. Nosso programa estimula a consolidação de empresas como startups. Isso nos orgulha e nos motiva”, citou presidente da Finep, General Waldemar Barroso

Neste edital, o valor do investimento da financiadora poderá chegar até R$ 1.2 milhão em cada uma das empresas selecionadas, um aumento de 20% em relação ao investimento máximo das edições anteriores. Para concorrer, as startups precisam ter protótipo MVP (Minimum Viable Product, em português, Produto Viável Mínimo), prova de conceito ou, preferencialmente, já estarem realizando as primeiras vendas. Assim, não se enquadram propostas em fase de ideia ou pesquisa.

Outra novidade nesta chamada pública é a parceria com o Programa Rota 2030. As startups que submeterem propostas aderentes ao programa – Setor Automotivo, Máquinas Agrícolas e Rodoviárias Autopropulsoras, poderão receber um investimento de até R$2.2 milhões, graças à cooperação técnica firmada com o Programa Rota 2030.

Investimento público-privado

A Finep, no entanto, não pretende tornar as startups brasileiras dependentes de recursos públicos. Por isso, criou um mecanismo pioneiro para estimular o empreendedor a buscar investimento privado: serão priorizadas empresas que forem aportadas por investidores-anjo.

da redação com informações do FINEP

Sobre o Autor

Avatar

Empreendedor, CTO da Wend Tecnologia e BizMeet. Graduado em Desenvolvimento Web | Análise e Desenvolvimento de Sistemas;Mestrando em Digital Currency pela University of Nicosia; Atua em desenvolvimento sistemas desde 1997. Consultor em sistemas de grande porte no MEC, FNDE, MPOG e outros; Atuante em grupos de criptomoedas brasileiros e internacionais, com participações no Flisol-DF, Bitcoin Revolution, e Câmara dos Deputados abordando Blockchain e seus usos.

Sugestão de Pauta

Parcerias

Newsletter

Inscreva-se para receber notícias e atualizações.

Sua inscrição foi realizada com sucesso

Share This