Select Page

Hideraldo Almeida, responsável técnico pelo Biotic, concede entrevista exclusiva ao Bizmeet

Hideraldo Almeida, responsável técnico pelo Biotic, concede entrevista exclusiva ao Bizmeet

Hideraldo Almeida, responsável técnico pelo Biotic, concede entrevista exclusiva ao Bizmeet em que fala das principais novidades do parque tecnológico

Ontem (11) o Bizmeet conversou com exclusividade com Hideraldo Almeida, um dos responsáveis técnicos do Biotic, com o intuito de discutir o andamento das obras do parque tecnológico, bem como suas novidades.

No início do bate papo Juliana Ribeiro, coordenadora do Bizmeet, parabenizou Hideraldo por ter recebido o portal e ter aberto às portas para um veículo de comunicação. Logo depois, ela encaminhou a conversa para as perguntas, que foram baseadas na curiosidade do público.

Elas tiveram como tema os editais para chamamento de empresas que comporão o Biotic – que o governador Rodrigo Rollemberg citou recentemente e o Bizmeet divulgou <http://news.bizmeet.com.br/noticia/em-reuniao-rollemberg-fala-do-andamento-do-biotic-e-de-acoes-inovadoras>; as pendências para a inauguração do parque; e o nome Biotic e a inclusão da Biotecnologia.

Experiência de Hideraldo Almeida

Hideraldo possui experiência de 8 anos no Ministério da Ciência e Tecnologia, onde apoia o aporte de recursos, acompanha a execução de convênios; e garante que os parques construam, de fato, o elo entre academia, organização e governo. Trabalhou na coordenação de incubadoras e acompanhou a implantação do Porto Digital desde 2009 e vários outros ambientes tecnológicos Brasil a fora.

Abaixo, o Bizmeet faz um resumo dessa conversa e divulga o link da entrevista na íntegra.

1) Quando será lançado o edital para o chamamento das empresas que comporão o Biotic?
Hideraldo – Em uma primeira fase serão chamadas empresas que estarão no edifício de governança, no prédio da Fap. Parte dele será destinado a um centro de inovação, onde serão abrigadas empresas startups e as que serão aceleradas. A previsão é que até meados de janeiro de 2018 todos os editais estejam na praça e o processo de seleção se dará até março.

2) O que falta para entregar o parque?
Hideraldo – Faltam alguns detalhes, que dizem respeito à acessibilidade e ao centro de inovação. Além do edifício de governança, o parque possui mais 96 hectares de área onde serão instaladas grandes empresas. Para isso, contaremos com um fundo de investimento. Esse processo pode durar 6 meses. A expectativa é que por volta de junho de 2018 selecionemos as empresas que ocuparão o Biotic. A previsão é que até em abril o parque esteja em pleno funcionamento.

3) Por que foi inserida a Biotecnologia dentro do conceito do parque?
Acredito que não faz sentido deixar a biotecnologia e todo esse conhecimento para fazer um parque que seja restrito a tecnologia da informação e comunicação. Temos certeza que os trabalhos da “Bio” e da “Tic” conviverão bem. Precisa ficar claro para as pessoas que não retiramos a tecnologia ou a restringimos, ao contrário, agregamos mais valor ao Biotic.
Construimos um parque para Brasília que atenderá às startups geradas no DF nos seus diversos seguimentos. Queremos que os jovens tenham a ambição de se tornarem empreendedores, desenvolverem seus negócios e de transformarem a economia local.

A entrevista foi finalizada com o agradecimento de Juliana Ribeiro a Hideraldo Almeida pela atenção. Juliana também disse que se os leitores tiverem alguma dúvida podem entrar em contato com o Bizmeet.

Inteire-se das próximas novidades do parque Biotic aqui no Bizmeet!

Sobre o Autor

Redação

O Bizmeet é um das principais referências do Centro-Oeste nas áreas de Tecnologia e Inovação. É ganhador de prêmios regionais e até mundialmente reconhecido. Empresas e instituições de grande renome já investiram em iniciativas do portal

Share This

Newsletter

Inscreva-se para receber notícias e atualizações.

Sua inscrição foi realizada com sucesso