fbpx

Select Page

Pandemia: o que brasileiros mais buscaram no Google?

Pandemia: o que brasileiros mais buscaram no Google?

Analisando o levantamento de dados do Google Trends, recurso que apresenta os principais termos pesquisados por continentes, países e estados, foi possível recolher os termos que brasileiros buscaram no Google, frente ao crescimento de casos confirmados do novo coronavírus no Brasil.

Para aqueles não conhecem, o Google Trends é um recurso de tendências de pesquisa que mostra com que frequência um determinado termo de pesquisa é inserido no mecanismo de pesquisa do Google. Os dados apresentados são calculados em relação ao volume total de pesquisas do site durante um determinado período de tempo.

Abaixo, selecionamos algumas observações que foram possíveis tirar à partir das informações gratuitas e de fácil acesso disponibilizadas pela plataforma de pesquisa. Os dados exatos de acesso não foram disponibilizados.

Obs: Ao final desse texto, deixaremos o link para que você possa conferir todas as informações disponibilizadas pelo Google

Principais perguntas de brasileiros sobre a pandemia do COVID-19

Com o aumento de casos confirmados do novo coronavírus no país, brasileiros buscam no Google as principais orientações sobre a pandemia.
Com o aumento de casos confirmados do novo coronavírus no país, brasileiros buscam no Google as principais orientações sobre a pandemia do COVID-19.

Apesar das variações diárias nos principais temas buscado (comportamento explicado pela divulgação de notícias sobre vacinas, tratamentos, sintomas, decretos e auxílios governamentais), no geral, os principais termos que brasileiros buscaram no Google desde o começo da pandemia, foram:

As perguntas acima mostram uma busca constante por compreensão de como surgiu o coronavírus e o que é coronavírus e quais seus impactos no Brasil.

Entre as principais dúvidas, está a constante busca pela previsão do fim da pandemia no país e quando será o pico do coronavírus no Brasil. Esse tipo de informação geralmente é encontrada nos principais canais de comunicação do pais, como é o caso do ExameEditora AbrilG1UOL e outros grandes canais, resultado da constante mudança de previsões do pico do coronavírus no Brasil.

A última feita pelo Ministério da Saúde informa que o pico da COVID-19 será entre maio, junho e julho.

Perguntas sobre Sintomas, Orientações e Quarentena

Com a repetição do termo “O que fazer”, brasileiros buscaram no Google as principais orientações referente aos sintomas do coronavírus, demonstrando uma maior preocupação com a infecção do vírus e com a identificação do COVID-19, sendo ela:

  • Febre
  • Tosse
  • Cansaço
  • Dificuldade respiratória (casos graves)
  • Perda de paladar
  • Descoloração de dedos dos pés e das mãos

Para a lista oficial, acesse a página sobre a doença, feita pelo do Ministério.

Isolamento Social resultou em buscas de “Como Fazer”

Devido ao período indeterminado de permanência em casa, brasileiros buscaram no Google o passo a passo de diversas receitas e também, da produção caseira de máscaras de proteção. Entre as principais pesquisas, somados ao termo “Como fazer”, estão: Bolo, máscara, chocolate, arroz, pão, pipoca, transferência, título de eleitor e pizza.

Podemos notar um grande aumento de pesquisa referente à alimentos, demonstrando tanto economia por parte dos brasileiros, como um aumento de atividades dentro de casa, buscando manter o isolamento social orientado pela OMS (Organização Mundial da Saúde).

Estados que mais buscaram por Coronavírus no Google

Através da página do Google, é possível também identificar quais estados estão tendo mais buscas sobre a pandemia. Entre os estados que mais procuraram o termo “Coronavírus” no site de pesquisa, os 10 primeiros são:

  • Paraíba (PB)
  • Sergipe (SE)
  • Maranhão (MA)
  • Tocantins (TO)
  • Rondônia (RO)
  • Alagoas (AL)
  • Piauí (PI)
  • Bahia (BA)
  • Santa Catarina (SC)
  • Pará (PA)

Pesquisa por “Auxílio Emergencial” tornou-se constante

Desde seu anúncio no começo de Abril, o Auxílio Emergencial disponibilizado através da Caixa foi um dos principais termos que brasileiros buscaram no Google, recebendo uma grande quantidade de pesquisas. Uma semana após ser disponibilizado, o aplicativo já possuía 33,5 milhões de downloads feitos por smartphones Android e iOS.

Recentemente, houve uma mudança no processo de consulta, que foi adicionado nos sites do Dataprev e Ministério da Cidadania, para agilizar consultas e otimizar acessos constantes, causando instabilidade no aplicativo lançado anteriormente.

Quer saber mais sobre o que brasileiros buscaram no Google?

Acesse o Google Trends e saiba mais sobre o Coronavírus no Brasil

Da Redação com informações do AAA Inovação

Sobre o Autor

Redação

O Bizmeet é um das principais referências do Centro-Oeste nas áreas de Tecnologia e Inovação. É ganhador de prêmios regionais e até mundialmente reconhecido. Empresas e instituições de grande renome já investiram em iniciativas do portal

Sugestão de Pauta

Parcerias

Newsletter

Inscreva-se para receber notícias e atualizações.

Sua inscrição foi realizada com sucesso

Share This