Select Page

Seminário em Brasília debate o tema Fake News

Seminário em Brasília debate o tema Fake News

Autoridades, jornalistas e comunicadores, participaram, nesta semana (dia 20), em Brasília, da abertura do Seminário Impacto Social Político e Econômico das Fake News. Promovido pela Associação Brasileira de Rádio e Televisão (Abratel), a cerimônia contou também com a participação dos presidentes da República, Michel Temer, do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), e do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Luiz Fux, e os ministros da Cultura da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, e da Indústria, Comércio exterior e Serviços, Marcos Jorge.

Antes de iniciar as exposições sobre o tema, o presidente da Abratel, Márcio Novaes, agradeceu o apoio do governo e de parlamentares na aprovação da flexibilização da transmissão obrigatória da Voz do Brasil e, por isso, premiou alguns deputados, entre eles, Celso Russomano (PRB-SP), que recebeu o troféu das mãos do ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão.

Na abertura do evento, o presidente Michel Temer destacou a importância da liberdade de expressão e da importância do jornalismo de qualidade de forma a combater a desinformação causada por boatos e notícias falsas que circulam, principalmente, nas redes sociais.

“Sociedades que valorizam e promovem a livre divulgação de ideias são naturalmente muito mais fortes e mais dinâmicas. É a circulação, digamos assim, desimpedida de informações e opiniões que garante o ambiente adequado para que cada indivíduo forme livremente as suas convicções”, afirmou Temer em seu discurso.

O senador Eunício Oliveira destacou a iniciativa do Congresso de criar uma comissão mista com o apoio de 210 deputados e, ao menos, 21 senadores para debater o tema e defendeu que, sob pretexto de combater as fake news, não se pode promover a censura prévia.

“A difusão de notícias sabidamente falsas causa um dano irreparável à candidatura alheia e, por essa razão, o mais importante para o TSE é atuar preventivamente do que repressivamente”, afirmou o ministro Luiz Fux, que destacou recente parceria firmada com profissionais de marketing e um compromisso assinado por partidos políticos para evitar a disseminação de notícias contra candidatos. “Temos a certeza de que as eleições no Brasil serão um exemplo de higidez democrática, de moralidade e de ética na política brasileira”, assinalou.

Na parte da tarde, o papel do jornalismo profissional no combate às notícias falsas contra candidatos durante o período de campanha eleitoral deverá ser debatido no seminário, que se encerra às 18h, no hotel Royal Tulip, em Brasília.

Da Redação com Informações da Assessoria de Comunicação do Ministério da Cultura

Sobre o Autor

Redação

O Bizmeet é um das principais referências do Centro-Oeste nas áreas de Tecnologia e Inovação. É ganhador de prêmios regionais e até mundialmente reconhecido. Empresas e instituições de grande renome já investiram em iniciativas do portal

Share This

Newsletter

Inscreva-se para receber notícias e atualizações.

Sua inscrição foi realizada com sucesso